Devido à pandemia do novo coronavírus, muitas empresas adotaram o home office. Mas, foi tudo muito rápido e, em alguns casos, sem planejamento. Portanto, muitas empresas e muitos colaboradores aprenderam e estão aprendendo na prática essa nova modalidade de trabalho.

No início da novidade, a primeira coisa a fazer foi arrumar um espaço em casa para trabalhar, explicar para a família, principalmente para os filhos pequenos, que estar em casa não queria dizer férias, então foram estabelecidas regras para que tudo acontecesse da melhor forma.

Os dias foram passando e lá se vão alguns meses em home office. Tem aqueles que gostaram de trabalhar em casa, mas tem aqueles que não veem a hora de voltar para o trabalho.


Por que voltar se é mais seguro em casa?

Conscientemente todos sabemos que é mais seguro, neste momento, trabalhar em casa, mas o nosso cérebro não funciona assim. Segundo a neurocientista Thaís Gameiro, sócia-fundadora da Nêmesis Neurociência Organizacional, em entrevista ao site UOL, o cérebro estranha essa mudança porque desde que acordamos até chegarmos ao local de trabalho 40% das atividades realizadas são inconscientes e autômatas, incluindo escovar os dentes e pegar o transporte.

Quando a rotina muda, o cérebro gasta mais energia porque precisa se concentrar mais nas atividades que antes eram automáticas. Além disso, assimilamos o local em que estamos. Antes, ficar em casa significava descanso, repouso, aproveitar a família, enfim, não era sinônimo de trabalho. Já o local de trabalho, com sua cadeira, mesa, colegas no mesmo ritmo diário, indicava inconscientemente essa relação.

O melhor dessa história é saber que isso pode mudar, basta treinar o cérebro, que é um órgão capaz de produzir novas conexões e fixar hábitos inéditos que irão potencializar o trabalho. Para isso, a neurocientista deu algumas dicas, como manter a mesma rotina, escolher um único espaço da casa para trabalhar, ter a mesa organizada, tirar o pijama, saber a hora de parar, realizar uma tarefa de cada vez, trabalhar com regras e não se isolar.

O que você acha de falarmos sobre cada dica? Perfeito. Vamos lá!

Dicas para aumentar a produtividade em home office

– Manter a mesma rotina de antes: acordar no mesmo horário de quando você saía para trabalhar é o começo. Nada de pensar que pode dormir mais só porque não vai precisar se deslocar. Essa dormidinha a mais pode acabar com o resto do seu dia.

– Monte o seu escritório: escolha um local da casa para ser seu escritório e, se possível, providencie água, cafezinho e até umas bolachinhas para não ter que sair pela casa atrás de mantimentos. Ter esse espaço vai fazer com que você crie o hábito, que é motivado pela repetição.

– Mantenha seu escritório organizado: a desorganização e a bagunça em cima da mesa são prejudiciais para a sua produtividade até mesmo quando você está na empresa. Por isso, para evitar desatenção e esgotamento, nada de papelada rolando de lá para cá.

– Tire o pijama: essa é uma das melhores dicas. Você pode achar legal estar de boa com seu pijama, bem à vontade, mas na verdade está se prejudicando. Lembra que falamos sobre como o cérebro é influenciado inconscientemente pelo ambiente? Então, tire o pijamão, escove os dentes, tome um banho, vista-se e fique em casa, mas preparado para uma possível chamada de vídeo.

– Saiba a hora de parar: “Só mais um pouquinho”. Essa frase pode fazer parte dos seus dias, mas você poderá terminar a semana esgotado com a soma dessas “horinhas” extras. Uma dica para não passar do horário é marcar um compromisso para o final do expediente. Vale um filme com os filhos no sofá.

– Uma coisa de cada vez: tenha foco no que está fazendo. Já foi provado que fazer várias coisas ao mesmo tempo é um mito.  Você até pode ter facilidade para mudar o foco, mas isso prejudica a liberação de dopamina, o que impacta na atenção, e sem a atenção a produtividade será mais um problema na lista de coisas a resolver.

– Tenha algumas regras claras: o mundo está caótico e trabalhar a distância pode ser muito estressante quando aparecem ruídos na comunicação com o chefe e com os colegas. Então, tenha as suas demandas claras e organizadas. Saiba o que é preciso ser feito, como e para quando. Com clareza e empatia, o relacionamento da equipe também ganha e a produtividade só aumenta.

– Seja social, mesmo em isolamento: não se isolar em casa é uma dica muito importante. Muitos da sua equipe estão conectados como você, então aproveite para trocar ideias, falar sobre o dia e também sobre assuntos além do trabalho. Alguns minutinhos de conversa vão melhorar o seu dia e fazer o seu trabalho render mais.


Cuide de você e dos outros

Você também nunca ouviu tanto essa frase, mas a verdade é que precisamos nos cuidar, evitar aglomerações, usar máscara, lavar as mãos e usar álcool em gel. Assim, você estará cuidando de você e das pessoas que estão ao seu redor. Agora é a hora de trabalhar seu cérebro para se adaptar a essas mudanças e manter a mente e o corpo sãos. Falando em mente e corpo sãos, um ótimo assunto para nossa próxima conversa é sobre como manter a mente sã com o caos que estamos vivendo. O que acham? Simmm… é perfeito.

Então, lembrem-se de acompanhar nossos artigos. Você pode ainda sugerir assuntos do seu interesse. Manda aí!

Um abraço e até.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *